ATIVIDADES

Exercício de homônimos e parônimos

Yuka entrou no Brasil ilegalmente, assim tornou-se uma (emigrante/imigrante) que (infringia/ inflingia) a lei de nosso país. Como tinha medo de ser presa em (flagrante/fragante) delito andava disfarçada pelas ruas, vestia-se de (mendinga/mendiga) e para não ser (discriminada/descriminada) saia apenas o necessário para comprar algumas coisas, com seus (passos/paços) curtos, e falando  pouco, afinal era também (incipiente/insipiente) em nossa língua.  Certa vez o rapaz do (senso/censo) apareceu na porta de sua casa e não encontrou a porta (cerrada/serrada) entrou e viu Yuka em seu costumeiro (assento/acento). O rapaz tentou conversar, mas como ela chorava muito, e implorava em uma língua estranha, o rapaz foi embora. Yuka, imaginando que fosse um guarda (lasso/laço) que saíra para chamar reforço, não quis o destino ( inserto/incerto) e fugiu do Brasil, bastante espantada com a eficácia de nossa polícia.

 

Exercício de Concordância Nominal

Tendo em vista as regras de concordância nominal, assinale a opção em que a lacuna só pode ser preenchida por um dos termos colocados entre parênteses e depois continue a narrativa:

Quando ela chegou a casa, ouviu vozes na cozinha, pensou que a causa viesse de galhos e tronco ___________(seco / secos), não raro os ratos e as lagartixas (imundos/ imundas)  no quintal fazem tal barulho. Assim entrou na cozinha e sentiu um certo medo, e se na cozinha estivesse um ser com cabeça e corpo __________   (monstruoso / monstruosos)? Dentes e garras __________  (afiados / afiadas)?   Cabelo e pupila __________  (negros / negras)? Mesmo assim entrou, foi quando ouviu um grito………

 

 

Retextualização

Pois é. U purtuguêis é muito fácil aprender, purqui é uma língua qui a genti iscrevi ixatamente cumu si fala. Num é cumu inglêis qui dá até vontadi di ri quandu a genti discobri cumu é qui si iscrevi algumas palavras. Im purtuguêis não.É só prestátenção. U alemão pur exemplu. Qué coisa mais doida? Num bate nada cum nada. Até nu espanhol qui é parecidu, si iscrevi muito diferenti. Qui bom qui a minha língua é u purtuguêis. Quem soube fala sabi iscrevê. (Jô Soares. Revista “Veja” – 28.11.90)

1- Reescreva o texto na norma culta da linguagem escrita.

2- Você concorda com o autor, ou seja, quem sabe falar em Língua Portuguesa sabe escrever?

Texto em anagrama:

A ESFINGE

Uma VELTERRÍ esfinge, nascida de Tifão e de Equidna, levou, pouco após a MEORT de Laio, a desolação às cercanias de Tebas. Ocupando a DATRAES, propunha enigmas aos viajantes e VAMATA os que não conseguiam adivinhar o TISENDO. Assim pereceu elevado MENÚRO  de infelizes, e tendo o rei Laio falecido recentemente, propuseram os tebanos a coroa e a mão da INHARA a quem os livrasse daquele flagelo. Édipo apresentou-se. A esfinge então lhe PEGUNTORU:

- Qual o MALANI que tem quatro pés de manhã, dois ao meio-dia e  três ao cair da noite?

- É o homem, respondeu Édipo, na CIAFÂNIN,  fica a engatinhar, depois anda e na VECELHI anda com muleta.

Então em  FORMICONDADE com a decisão estipulada, a esfinge atirou-se às ondas.

Continuidade de narrativa

Neste exercício o discente deverá continuar uma narrativa, dar-lhe-emos apenas o início do enredo. Seguem algum exemplos:

Personagens: Alberto e Antônio.Fato: Alberto todos os dias escuta o som do carro de Antônio, no último volume, da janela de sua casa, então Albert…Espaço: rua e casa de Alberto.
Personagens: Josef K.Fato: certa manhã, após sonhos incertos Josef K acorda transformado em um inseto.Espaço: quarto de Josef K.
Personagens: Alberto e Antônio.Fato: Alberto todos os dias escuta o som do carro de Antônio, no último volume, da janela de sua casa, então Alberto…Espaço: rua e casa de Alberto.
Personagens: Vinícius e Agostiniana.Fato: Agostiniana descobre que seu marido, Vinícius, está viciado em bingo e a gastar todo o dinheiro da casa em jogo.Espaço: casa de Agostiniana ou bingo.
Personagens : Manú e Adamantina.Fato: O marido de Adamantina começa a beber e a bater em Adamantina e ela então….Espaço: Sala, cozinha.
Personagens: Pedro e PauloFato: encontram um gato amarrado nos trilhos do trem resolvem soltá-lo, mas aparece o dono e…Espaço: trilhos de trem.

GÊNERO DOS SUBSTANTIVOS

A

V

Ã

P

O

E

D

S

V

J

F

T

I

P

S

R

U

I

Z

S

Ç

I

T

C

I

D

A

D

Ã

E

W

Q

U

K

S

E

N

B

I

A

C

S

E

N

R

E

F

L

B

E

O

X

A

Z

J

P

K

Q

S

B

T

L

O

I

D

Y

O

S

A

Ç

Ã

L

I

L

A

R

O

C

W

O

A

Z

J

U

I

V

Ã

P

Ç

W

A

X

V

T

R

I

D

B

P

C

P

E

U

B

S

Í

W

F

B

Z

V

T

K

A

Ç

N

R

V

P

Y

B

O

Z

V

E

C

R

B

Í

Z

C

E

B

P

Í

C

Ã

B

M

O

V

P

E

B

W

P

R

U

T

Q

D

B

Ã

O

B

E

T

C

P

M

C

V

J

T

L

M

J

Y

N

E

A

T

F

C

A

S

R

Ç

I

J

M

E

L

O

I

T

A

Ç

V

P

E

B

T

R

C

A

X

B

E

H

E

L

E

S

Ã

S

N

A

M

E

B

O

G

R

B

T

H

L

I

Ç

A

P

S

V

J

S

A

E

V

R

T

S

V

B

S

E

U

G

Z

A

C

S

E

T

M

A

T

R

I

A

R

C

A

G

R

P

T

G

O

B

Ã

A

Q

Ç

B

U

W

G

R

Ç

B

Q

H

U

O

D

E

S

M

N

O

R

R

Ã

O

A

U

D

D

F

L

Í

E

L

T

O

Ã

M

X

D

T

S

Q

D

W

C

G

A

S

R

D

O

F

G

H

J

K

L

E

I

I

G

Z

P

A

E

X

C

V

Õ

E

Ã

B

Í

E

D

M

W

Ã

K

C

Q

E

N

R

L

U

C

I

P

J

G

X

A

E

H

G

R

L

Ç

E

A

X

L

Í

O

Ç

J

A

R

C

Ã

D

M

R

T

R

A

I

U

M

S

T

M

U

M

Ã

T

G

Í

M

I

R

V

R

T

Ô

I

V

O

O

P

D

C

R

E

H

C

S

L

E

U

E

Ç

I

E

C

S

S

K

P

Ç

F

O

U

G

E

T

E

N

O

Ç

R

A

G

W

Ã

R

E

E

Ã

I

W

D

A

D

S

U

T

D

Q

M

Y

O

L

R

O

M

Y

O

Ç

E

C

G

S

G

J

I

G

S

U

D

U

Ã

I

P

D

I

Z

S

J

T

I

G

R

E

S

A

L

P

X

F

L

L

C

J

J

Ç

U

Ã

CIDADÃO / GARÇOM / LADRÃO/PRÍNCIPE /

VILÃO / LOBO / JUIZ / MOLEQUE /POETA /

TIGRE / PATRIARCA /PAI

Adjetivos Pátrios

P

O

G

A

Ú

C

P

A

M

I

N

E

I

R

O

R

E

S

G

P

E

S

N

C

P

E

A

S

A

S

D

F

E

K

P

O

U

I

D

S

R

I

E

A

O

R

I

E

R

S

V

B

G

S

E

D

E

S

C

H

T

M

O

S

I

P

K

C

E

S

E

S

N

E

M

I

A

R

O

R

G

E

S

E

S

R

N

H

B

R

P

E

R

N

A

W

M

B

U

O

A

S

P

A

N

A

C

S

P

S

E

P

R

T

S

E

R

G

I

B

Ú

N

S

I

E

S

I

A

M

A

I

S

A

Z

E

N

E

O

S

A

M

O

E

S

P

P

O

E

U

B

P

A

I

R

P

E

R

G

Ú

I

N

H

U

A

U

S

X

R

N

A

M

E

Ú

R

O

S

A

A

C

S

E

C

I

C

I

S

T

C

R

N

S

X

S

E

A

I

C

U

H

A

S

Ú

N

B

S

C

I

A

P

E

L

O

A

D

S

A

H

X

O

T

U

A

S

S

A

S

E

U

I

O

B

N

S

P

D

S

E

I

N

Z

S

G

E

I

T

N

A

S

H

S

C

A

D

O

F

D

P

S

A

S

R

S

O

P

S

A

S

C

T

P

X

I

F

I

B

A

I

Z

C

M

S

E

N

E

O

R

A

Ú

R

S

Y

A

C

O

R

B

O

T

U

A

P

I

S

N

I

U

L

W

G

E

T

B

E

A

E

P

S

A

B

T

A

E

R

S

J

K

S

Q

S

S

O

E

I

S

P

A

E

N

M

R

C

A

E

A

E

N

V

N

E

O

P

B

Ç

P

O

C

B

E

A

X

P

S

R

T

S

P

E

Q

N

A

A

Q

L

A

E

H

Y

S

N

I

B

Ú

P

S

P

N

G

A

E

N

A

W

K

U

R

E

S

X

R

A

A

G

B

E

O

G

B

A

O

A

S

E

J

L

T

R

P

U

E

R

O

P

U

Z

S

Ú

I

P

O

S

D

R

N

I

Y

R

O

P

P

A

N

S

A

I

U

B

A

S

K

D

F

T

D

S

S

U

S

O

E

P

E

M

E

S

S

E

R

E

H

F

G

Y

E

T

B

S

B

P

E

S

A

S

O

G

A

G

A

S

C

P

O

E

S

A

R

S

R

T

R

I

ACRE / AMAZONAS / BAHIA / MINAS GERAIS / RORAIMA/ PERNAMBUCO/ PARÁ /

RIO GRANDE DO SUL / SÃO PAULO / PARAÍBA

Revisão de artigo jornalístico

Nesta atividade os discentes deverão corrigir os erros de gramática e retórica. Os discentes podem, em grupos, fazer cartazes com os erros e sugerir um título ao texto. A apresentação do trabalho dos grupos é interessante, pois há erros que alguns podem deixar passar. Abaixo o texto com uma correção. Como continuidade, se eles se interessarem, podem manipular o texto para ficar mais atrativo aos leitores de periódicos.

São Paulo – Hoje e nesta noite no centro de São  paulo uma mulher foi presa  em fragante quando vendia perfumes com componentes químicos que causam alergia. A denucia veio depois uma mulher que comprará o perfume foi hospitalizada com manxas no corpo. A política prendeu a mulher, que se diz emigrante e não fala Português, foi localizada quando abria sua barraca logo após o horário do almoço. Outras pessoas que assistiram o ocorrido pela televisão já entraram em contato com o departamento de trânsito para ir até o local prestar depoismento.  Segundo uma da vitímas localizada pela reportagem  os frascos continham uma flagrância estranha, porém não citou alegria nenhuma.

São Paulo – Hoje à noite, no centro de São Paulo,  uma mulher foi presa  em flagrante quando vendia perfumes com componentes químicos, que causam alergia. A denúncia veio depois que uma mulher que comprara perfume foi hospitalizada com manchas no corpo. A polícia prendeu a mulher, que se diz imigrante e não fala Português. Ela foi localizada quando fechava sua barraca logo após ter jantado. Outras pessoas que assistiram ao ocorrido pela televisão já entraram em contato com o Departamento de Polícia para irem ao local prestar depoimento. Segundo uma das vítimas, localizada pela reportagem, os frascos continham uma fragrância estranha, porém não citou nenhuma alergia.

Exercício de Consciência Morfológica

Neste exercício, caberá ao discente identificar a classe de palavras,  a fim de escrevê-las em seus respectivos quatros. A consciência morfológica é uma habilidade metalinguística, ou seja, de reflexão e manipulação intencional da língua como objeto de pensamento. Apesar de questionada nos PCNs, já há estudos que revelam a importância da consciência morfológica, junto com as fonológicas e sintáticas. O Exercício abaixo é para o trabalho com a consciência morfológica.

Dédalo e seu filho estavam em um grande labirinto, mas, homem muito criativo, inteligente e paciente, Dédalo, que criara o labirinto, ajuntou as penas de pássaros que lá havia para ele fazer uma enorme asa colorida, e essa o tiraria daquele labirinto, entretanto mataria seu querido filho.

substantivos( 7)__________________________________________________________________________________________

verbos (7)______________________________________________________________________________________________

adjetivos (7)_____________________________________________________________________________________________

pronomes (5)____________________________________________________________________________________________

conjunções (3)____________________________________________________________________________________________

preposição (3)___________________________________________________________________________________________

artigo (4)________________________________________________________________________________________________

advérbio (4)_____________________________________________________________________________________________

Bingo ortográfico

Neste exercício os discentes recebem uma folha e a dividem em quatro partes, depois colocam uma das letras em cada parte. O docente então ditará palavras, se, na palavra ditada, houver uma das letras o discente a colocará na folha, ganha quem completar o quatro com as quatro palavras.  As letras usadas serão: s, ss, x, ch, rr, j, g, ç, z, sc, nh e lh. Abaixo um quadro com palavras sugeridas para o bingo.

paixão missa azedo Minha açoite ilha canjica teste renascer carro zebra
feixe agitar Paçoca antirraiva atalho Coisa Admissão Jiló ninho chinelo azedo
Argila Ficha Lista Correr Adolescente Jiboia açoite admissão tinha mazela filho
açude linha feixe manjar maisena crescer alho mexerica mochila agito Birra

Coesão referencial por referenciação ou retomada de zeugmas

Neste exercício o discente deve descobrir as palavras que desaparecem ao longo do texto em um processo elíptico de  zeugmas, os referentes nominais coesivos de reiteração são descobertos pelo discente, relacionando o sentido do texto:

A MÁQUINA DE LAVAR DE MARCELA

__________________ comprou uma ________________________ na loja Vai e Compra, porém quando chegou a sua casa e tentou usar a ______________________________ . ______________ descobriu que faltava uma peça e a __________________________ não funcionava. No dia seguinte ____________________________ levou a _____________________________até a loja ________________________________ a fim de exigir uma  outra_________________________________________

ao gerente. O _____________________ da loja ________________________________percebeu que realmente faltava  uma_______________na  ______________________________ de ____________________________, mas como o ______________________ não tinha nenhuma outra ____________________________para entregar em substituição a _______________________________ sem a peça. O ____________________________resolveu que enquanto a  __________________ da__________________________________ de_______________________________não chegasse, ele mesmo lavaria as roupas de ________________________________, mas o que o _____________________não sabia é que ___________________lavava as roupas de um time de futebol .

Tabela de ortografia

Ótimo exercício para treinar aspectos da consciência fonológica e grafemática, caberá ao discente localizar a letra faltante e ordená-las.

Almo*o – fiscaliza*ão – negó*io – triste*a – hori*onte – ma*agem – á*ido – civili*ado – parali*ar – surde* – televi*ão – Bra*il – val*a – to*e – arma*ém -  *ebola – acre*imo – mi*to  – va*oura – a*úcar – conce*ão – admi*ão – mai*ena – ru*o – ga*olina – gravide* – civiliza*ão – adole*ente – na*imento – vidra*a – *igarro – va*io – *édula – progre*o – pi*ina – di*ípulo – sei*centos – ca*ique – morda*a.

s:___________________________________________________________________________________________________

ss:___________________________________________________________________________________________________.

c____________________________________________________________________________________________________.

z____________________________________________________________________________________________________.

sc___________________________________________________________________________________________________.

ç____________________________________________________________________________________________________.

Jogo da palavra secreta

O discente recebe um envelope fechado, dentro dele há uma palavra, ou um desenho,  mas o discente não pode abrir o envelope. O professor então dá uma dica, se o discente não souber, passará o envelope para outro discente e, a cada dois discentes, o professor dará outra dica. O ideal é que anotem as dicas. Por exemplo,  no envelope há a palavra MULA SEM CABEÇA, as dicas serão, levando-se em conta o nível da turma:

1) Assusta as pessoas;

2) É dissílaba, mas também é monossílaba e trissílaba;

3) não pode usar boné;

4) Normalmente anda à noite;

5) É formada por justaposição; (ou: tem três palavras)

6) Começa com a mesma letra da palavra melado;

7)É um substantivo comum, mas poucas pessoas afirmam que viram;

8) termina com a mesma sílaba de caça;

9) Não anda galopa;

10)Tem uma preposição no meio;

11) tem cabeça na palavra, mas  só na palavra;

12) É um quadrupede;

13) É folclórico;

14)A primeira sílaba é igual a primeira sílaba da palavra mulher.

15) Tem fogo na cabeça;

16) se não acertaram até aqui, o professor pode imitar uma mula e rever os projetos folclóricos da escola.

Marcadores de diálogo (discurso direto, indireto e indireto livre)

O texto abaixo tem um diálogo, porém faltaram os marcadores de diálogo, aspas, travessão, dois pontos, vírgulas, ou seja, marcadores para a melhor compreensão do sentido subjacente ao código, exercício também de importância para a questão da coerência e coesão e para localizar os tipos de discurso:

Josef Zé, voltou à estrada e encontrou um homem que lhe disse olá? Por que ele queria conversar comigo pensou Zé. Ele então se aproximou e disse estou no mesmo caminho que você? sim e não, não é sim e sim, também vou ao Senado. Zé ficou surpreso, como ele sabia, meu destino, assim tão famoso. Fique calmo, todos sabem,  basta olhá-lo, você é alto e um pouco corcunda, parece uma interrogação viva. Obrigado. Mas como sabia de meu destino. Simples, todas as interrogações brasileiras recaem na existência do Senado.

Dígrafos:

um exercício para que os discentes assimilem os dígrafos que representam consoantes, em turmas mais avançadas o docente poderá lacunar também os dígrafos que representam vogais nasais.

1- Complete com os dígrafos faltantes:

Co___ecido como “fogo que co_____e”, o boitatá, no folclore brasileiro, é uma enorme cobra de fogo. E_____e bi______o imaginário foi citado pela primeira vez em 1560, num texto do padre jesuíta José de An_____ieta. Na língua indígena tupi, “mboi” significa cobra e “tata” fogo.

De acordo com a lenda, o boitatá protege as matas e florestas das pe_____oas ____e provocam ____eimadas. O boitatá vive dentro dos rios e lagos e sai de seu refúgio  para _____eimar as pe_____oas que praticam incêndios nas matas. De acordo com esta lenda, o boitatá po_____ui a capacidade de se transformar num tronco de fogo.
Pesquisadores afirmam que esta lenda está a_____ociada aos incêndios, que oco____em espontaneamente em função da _____eima de gases oriundos da decomposição de material orgânico.

2- Qual o gênero deste texto?

a) fábula           b) informativo             c) lenda            d) carta             e) relato de experiência vivida

Coesão e Coerência Sintagmática

Neste exercício caberá ao discente estabelecer a relação de sentido entre os termos que foram propositalmente misturados, conservando uma determinada referência sintático-semântica. As vírgulas ajudam na hora de reescrever o texto de forma coesa e coerente.

Observa seu vizinho: É uma antiga lenda chinesa. o olhar e os gestos e o modo de falar de um ladrão de machados. Na hora de ir para o trabalho, tem o aspecto típico de um ladrão de machados, um lenhador dá falta do machado. E quando torna a observar seu vizinho,  Mas o lenhador encontra sua ferramenta, constata que não se parece nem um pouco com um ladrão de machados, que estava caída por ali. nem no olhar, nem nos gestos, nem no modo de falar.

(Eduardo Galeano: O Teatro do Bem e do mal)

 

Maratona de palavras

Este é um exercício de emulação, que tem por finalidade trabalhar ortografia e caligrafia, infelizmente, muitos professores deixam de trabalhar ortografia no fundamental II! Os alunos se dividirão em grupos e darão um nome ao grupo. Em três folhas de sulfite o professor colocará um quadro com algumas letras para os alunos o preencherem com palavras.

A L M
D E C
P S I

Regras:

a) Só valerão palavras trissílabas;

b) palavras derivadas do mesmo radical, também não;

Pontos

Para a pontuação atentar-se-á para os seguintes critérios:

a) adequação com as letras do quadro;

b) ortografia;

c) caligrafia;

d) acentuação;

e) criatividade.

Quando o grupos terminar uma folha pegará outra e deixará a que fez para correção do professor, o professor além de corrigir cuidará da pontuação.

CORRENTE DE LETRAS

Esse é um ótimo exercício para trabalhar pontuação. O professor digita em um papel os textos abaixo e os discentes deverão desmembrar as palavras e descobrir o texto. No primeiro e no segundo temos textos no gênero anedota, o último é uma fábula.

Porfavorsabeondeeupegoumônibusparachegaràestaçãoepegarumtremnóscánãochamamosônibus

masautobusokvocêsabeondeeupegoumautobusparairatéaestaçãoepegarumtremnóscánãochamamos

estaçãomasgarevamosláentãvocêsabeondeeupegoumautobusparachegaratéagareepegarumtremnós

cánãochamamostremmascomboiotábomvocêsabeondeeupegoumautobusparachegaràgare

parapegarumcomboioéaquimesmo.

2-

Zéfolgadoparaochefedaestação:EichefeotremdasdezjápassouJápassouháalgunsminutosAindabemeoexpressoAh…

essepassoufazhorasQuesorteEonoturnoAiJesusPorquevocêquersaberdetodosostrensÉparasaberseeujápossoatra

vessaralinhaoras…

3-A CIGARRA E A RAPOSA

deEsopotraduçãodiretadogregodeNeideSmolkaFábulasCompletas–SãoPaulo:Moderna,2004 (pág.180).

UmacigarracantavaemumaárvorealtaUmaraposaquerendodevorálaimaginouumartifícioParadaà

suafrentepôsseaadmirarasuavozeconvidouaadescerdizendoquedesejavaverdepertooanimalque

possuíatãobelavozEacigarrasupondotratarsedeumaemboscadaarrancouumafolhaeajogou

Araposacorreupensandoquefosseacigarramasestalhedisse:“Tuteenganasminhacaraaoacreditares

queeudesceriapoiseumeprevinoemrelaçãoàsraposasdesdequeviasasdecigarranoestrumedeumaraposa.”

Asdesgraçasdosvizinhosservemdeensinamentoparaoshomenssensatos.

 
Ditado Coletivo
 
 
 O ditado é um ótimo exercício pois trabalha com aspectos fonéticos e ortográficos. Para o ditado coletivo o professor separará uma lista com várias palavras, depois recortará as palavras e cada aluno receberá uma palavra, essas palavras terão uma numeração, assim o professor chamará um número e o aluno que tiver aquele número ditará para os outros a palavra, o aluno pode ir até a frente da sala para ditar, ou ditar de sua carteira, ou ir à frente da sala e fazer uma pantomima para que os colegas adivinhem a palavra. Se o aluno falar na carteira, depois de falar a palavra deverá ir até a mesa do professor e entregar o papel, isso é feito para quebrar a imobilidade da sala. Caberá ao professor escolher as palavras, a seguir um exemplo possível de lista para uma turma de fundamental II:
 
1- Boxeador;
2- cachecol;
3- massagem;
 4- psicopata;
 6- rubrica;
7-enxaqueca; etc.

Ditado coletivo II

É uma continuidade do primeiro ditado coletivo, em vez do professor trazer as palavras para o ditado, pedir  aos discentes que escolham uma palavra. O docente durante a chamada poderá fazer o ditado, seria de grande utilidade pedir que os discentes fizessem uma pesquisa sobre palavras que sofreram mudança devido a nova reforma e usá-las:

 

 1- cooperar 2- micro-ondas 3- reescrever  4- assembleia  

PROSOLOTO

A atividade a seguir é de grande utilidade para trabalharmos o conceito de prosódia e introduzir, ou exercitar a acentuação gráfica. A prosódia é a parte da gramática que trata da correta acentuação e entoação de vocábulos, assim, caberá ao discente distinguir a sílaba tônica das palavras e fazer um “x” no quadro adequado. O professor dará as folhas para os discentes preencherem, tratando-se das séries finais do fundamental II, o professor poderá aumentar o número de palavras.

Depois de preenchido o professor irá corrigi-los. Como forma de motivação, pode-se levantar a possibilidade de premiar aqueles que acertarem o maior número de vocábulos, um chocolate, por exemplo.

Nome___________________________________serie_____n.º_______________

prosoloto Oxítona paroxítona proparoxítona
árvore
lápis
vírus
máximo
ruim
república
refém
ínterim
avaro
umbigo
condor
maiô
ciclope
erudito
sutil

CAÇA-PALAVRAS MORFOLÓGICO

F A E F E L I Z R F L I Z V I N G V L
A B O L V N B E N E C A M I T N Z A O
T E R D O E C M O G M C V L V O E M R
O R A S S O R I E L I S A R B I M A R
T N S D L A E L B S A O V I T V F R A
E A T Z E R M E F S R E N A N D O A M
L F Z E S S I I F O B D Z R S V E M L
R O L T M Z I F Z N G V G B E Z R S S
R D S S I B M S A G D I O S S D E O S
A G N G Z E R B T G A R R L I E A F T
A F A R R A G T S I N V V M O Z B C E
B N I E E I D S T G S D A G S I R Z M
R A L I B S S A F I B S E R O L A G E
A B T A O A S G A E C E E A I E M N T
L Z C S M A E R R A N Z I R R S R E A
M T S B R B M N G E I F T O O S Z I M
R I F I Z E S S E R R R O E T M G G O
S Z L M F L E I S S O F N B I A I F T
S C S A B I A M E N T E L E V I A A N
G A R C R R V I M E I C M F E L A Z I

Verbos: desistisse / fizesse / amaram

Adjetivos: feliz / vitorioso / brasileiro

Substantivos: caderno / garrafa / tomate

Advérbios: ontem/ mal / sabiamente

Texto Borrado

O texto borrado consiste em um texto com letras obscurecidas, é interessante para trabalharmos aspectos como pontuação, ortografia concordância nominal e verbal. O texto abaixo é bem indicado às séries iniciais do fundamental II. Os alunos copiam o texto no caderno substituindo os campos obscurecidos pelos signos adequados.

CONTI██O

Era uma vez um menino triste, magro e ba██igudi██o, do █ertão de Pern██buco. Na soa██eira danada de meio-dia e mei█, ele estava sentado quiet█ e pensativo na p██ira do cami██o, imaginando boba███ ██ando pa██ou um gordo vig█rio a cavalo, o vigário ao ver o menino de██eu da █ela e di██e:

- Voc█ a█, menino, para █nde vai esta estrada█

- Ela não vai não, n█s █ que vamos nela.

- Engra█adi██o duma figa! Como voc█ s█ ██ama█

- Eu não me ██amo não, os outros █ que me ██amam de Z██

(Paulo Mendes Campos – texto adaptado)

Texto interrogativo
 

O texto interrogativo consiste na substituição dos sinais de pontuação por um símbolo. O interessante é que o exercício é simples no começo, porém, no texto escolhido, por exemplo, há uma reticências, que não raro, faz os discentes refletirem bastante..

O índio da transamazônica todo dia passava pelas obras* Com um menino nas mãos e um livro debaixo dos braços*

Um dia § o engenheiro perguntou a ele *

* Aonde vai com esses livros *

* Pra escola*

O engenheiro ficou maravilhado*

* Que coisa edificante* ver um índio brasileiro levar uma criança para a escola *

*Não é criança não* Quem vai a escola é índio mesmo*

*Ah* que empolgante* falou o engenheiro* Aí * deu uma paradinha * uma pensadinha* e perguntou*

*E o menino*

*Ah* Falou o índio* menino é merenda *

(Ziraldo)

Texto em anagrama

Esta atividade consiste em um texto em que algumas letras são trocadas, criando-se assim um anagrama. É um exercício interessante para trabalharmos com questões de caligrafia e acentuação, além de exigir coesão textual e fazer com que o discente tente relacionar o sentido do texto.

Marco Polo VECREDES uma ponte, pedra por pedra.
- Mas qual é a pedra que TATENSUS a ponte? PERTGUNA Khan.
- A ponte não é DATATENSUS por esta ou aquela pedra – PORESDEN Marco – mas pela curva do arco que elas FARMOM.
Khan CEMAPERNE em silêncio, TINFLEREDO. Depois ATACRESCEN:
- Por que falas das pedras? Só o arco me RESSAINTE.
Polo PORESDEN:
- Sem pedras o arco não ISTEXE.
(Ìtalo Calvino: as cidades invisíveis)
 

 

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com. | O tema Pool.
Entries e comentários feeds.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: